quarta-feira, 8 de outubro de 2014

O BLOG INDICA: Seminário - Direitos e Empoderamento no Campo da Saúde Mental

Dia Mundial da Saúde Mental é celebrado em 10 de outubro. Este dia visa chamar a atenção pública para a questão da saúde mental global, e identificá-la como uma causa comum a todos, ultrapassando barreiras nacionais, culturais, políticos ou socioeconómicas.

No Piauí, a Âncora - Associação dos Portadores de Transtorno Mental, Familiares e Pessoas Interessadas na Saúde Mental e a Faculdade CEUT promoverão na data alusiva, o seminário Direitos e Empoderamento no Campo da Saúde Mental com o objetivo de promover discussão e ampliar o conhecimento da comunidade acadêmica e de profissionais sobre os direitos da pessoa portadora de transtorno mental. 

A Organização Mundial da Saúde considera a saúde mental uma prioridade e defende que a questão não é estritamente um problema de saúde. Por esse motivo, o evento contará com a participação de representantes do Ministério Público, de profissionais e usuários do Centro de Atenção Piscossocial - CAPS e especialistas na área.

A organização do seminário é da professora do CEUT, Milena France, especialista em Saúde Pública e em Atenção Psicossocial, e mestre em Enfermagem. A Faculdade CEUT apoia o evento através da Coordenação do Curso de Enfermagem.


Mais informações: www.ceut.com.br

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Pacientes do CEIR participam da Semana da Ação Mundial


No último final de semana do mês de setembro, encerrando as atividades da 12ª Semana de Ação Mundial, apresentações artísticas e culturais protagonizadas por pessoas com deficiência foram realizadas no parque Potycabana. A edição deste ano discutiu a temática Educação Inclusiva.

Pacientes em tratamento na Musicoterapia e na Reabilitação Desportiva do Centro Integrado de Reabilitação (CEIR) participaram da Mostra Cultural Inclusiva, com o grupo de capoeira e a bandinha infantil de música.


O Grupo de Capoeira conta com a participação de quase 30 pacientes com idade entre 1 e 25 anos. O coordenador de Reabilitação Desportiva do CEIR, Childerico Robson, enfatizou a importância das atividades físicas no tratamento dos pacientes. “A capoeira na reabilitação, por exemplo, era um sonho que muitos não acreditaram no início e agora podemos ver os grandes efeitos que essa atividade proporciona aos pacientes. Nosso grupo de capoeira é uma família e essa união faz com que todos nós sejamos beneficiados”, ressaltou.

Nas atividades de musicoterapia, a Bandinha Infantil do CEIR é formada por 14 crianças com idade entre 3 e 7 anos. E há ainda a banda Tocando em Frente, composta por sete pacientes que mostraram aptidões musicais durante a terapia, e que já tiveram alta do tratamento.


A Mostra Cultural Inclusiva contou ainda com apresentações de dança, contadores de histórias e exposição de livros, telas e objetos produzidos por entidades que apoiam e lutam pelos direitos das pessoas com deficiência. Foram parceiros desta atividade a Associação dos Amigos dos Autistas (AMA) e o Centro de Habilitação Ana Cordeiro, entre outros.

A 12ª Semana de Ação Mundial faz parte de uma campanha que acontece, a cada ano, em mais de 100 países. No Brasil, ela começou no último dia 21 de setembro e, em Teresina, foi marcada pela realização de uma série de atividades como Manhã de Cidadania, exibição de filmes, oficinas e mesas redondas; e a realização do Fórum Estadual de Educação Inclusiva.