sexta-feira, 11 de maio de 2012

CEIR em destaque

   Matéria sobre o jogo da inlcusão, com participação da nossa equipe de Futebol para
Amputados.

 Para ver a matéria clique aqui:  Futebol para Amputados

FONTE: portaldaclube.com

Jogo da Inclusão: gols na garantia de direitos das pessoas com deficiência



 11/05/2012 por Glenda Uchôa

  Nenhuma deficiência, seja ela física ou intelectual, se sobrepôs à superação de cada atleta que esteve presente na noite de quinta-feira (10), no Ginásio Verdão, para participar do Jogo da Inclusão. O ex-craque e atual deputado federal, Romário (PSB-RJ), esteve presente no evento e participou de forma efetiva de cada jogo da noite, inclusive com a atuação no time de futebol para amputados do Ceir (Centro Integrado de Reabilitação).



  O time do Ceir participou da penúltima partida da noite, ganhando de 3 a 0 da equipe formada por autoridades do Estado. Antes, times da APAE e da Associação dos Cegos do Piauí (ACEP) empolgaram os presentes. De muletas, Romário jogou no time de amputados e, com a excelência de um craque, ainda arriscou dribles e passes com os paratletas.



  O destaque do time do Ceir foi o jogador José Wanderson, que fez dois, dos três gols da partida. O atleta foi o mais marcado em campo pelo time rival, composto por autoridades, a exemplo do senador Welligton Dias (PT).



  A equipe do Ceir é formada pelos atletas Elilson Pereira, Feliciano Mendes, Ismael de Sousa, Francisco Soares, Jose Nilton, José Wanderson, Antonio Soares, Wilame Pinheiro e pelo treinador e terapeuta, Childerico Robson.
  O jogo da inclusão é uma realização da Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid) e envolveu dez equipes formadas por pessoas com deficiência física, auditiva, visual e intelectual, além de políticos e demais autoridades do Estado, como o senador Welligton Dias (PT), o deputado federal Assis carvalho (PT) e o secretário da Seid, Helder Jacobina.



  Helder ressaltou a importância do evento para fomentar a inclusão e acessibilidade no Piauí. “O Jogo da Inclusão é mais uma forma de mostrar a importância de fomentar atividades e ações que sejam voltadas à inclusão e acessibilidade das pessoas com deficiência do nosso Estado. O paradesporto merece destaque dentro dessa estrutura”, esclarece.
  O deputado Romário, que tem grande atuação na área da inclusão social, destacou as ações de políticas públicas como sendo imprescindíveis para o setor de atendimento e garantia dos direitos das pessoas com deficiência. “Os gestores entenderam e enxergaram a importância de atuar para assegurar os direitos das pessoas com deficiência, creio que estamos no caminho certo”.
  O paciente do Ceir e chará do ex-craque, Romário da Silva, que tem paralisia cerebral, realizou seu grande sonho de conhecer o ‘Baixinho Romário’, como é carinhosamente conhecido.



  Entre gols, passes e dribles, os paratletas e demais jogadores comemoravam não só o bom desempenho em campo, mas, também, as conquistas de uma vida em que a saúde e integridade da pessoa com deficiência é cada vez mais reconhecida pela sociedade.


FONTE: www.ceir.org.br

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Atletas amputados do Ceir participam do Jogo da Inclusão

10/05/2012 por Glenda Uchôa
 
O time de futebol para amputados do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) irá participar do ‘Jogo da Inclusão’, que acontece nesta quinta-feira (10), às 19horas no Ginásio Verdão, com a presença do deputado federal Romário (PSB-RJ). O evento terá cinco partidas, envolvendo dez equipes formadas por pessoas com deficiência física, auditiva, visual e intelectual.



Elilson Pereira, Feliciano Mendes, Ismael de Sousa, Francisco Soares, Jose Nilton, José Wanderson, Antonio Soares e Wilame Pinheiro são os componentes da equipe do Ceir. Eles treinam todas as semanas no Centro e, através da reabilitação física e da própria superação, já passaram do status de pacientes para o nível de paratletas.
O reabilitador físico e também treinador do time, Childerico Robson, explica que a participação no Jogo da Inclusão só reforça a coesão da equipe e dá maior incentivo aos paratletlas. “Vai ser mais uma oportunidade de mostrar o desempenho conquistado pela equipe ao longo de tantos treinamentos. Todos estão empolgados e preparados para o evento”, afirma.

Os atletas do Ceir já acumulam experiência com a participação na última Paraolimpíada desenvolvida no Estado. O próximo desafio é o Campeonato Brasileiro de Futebol para Amputados, que acontece em julho, na cidade de Maringá – PR.
E desafio não é problema na vida dos atletas. Elilson Pereira perdeu a perna esquerda em um acidente de trânsito e, através do esporte, descobriu que poderia acreditar na sua reabilitação. “Jogava como goleiro antes do acidente, nunca imaginei que voltaria a jogar futebol. Aqui no Ceir descobri que existia o esporte e, desde então, pratico. Tenho apoio incondicional da minha mulher e filho”, explica.
Toda arrecadação do evento será revertida a instituições que cuidam de pessoas com deficiência.

quarta-feira, 2 de maio de 2012